Citação

Texto de Paul …

30 Jan

Texto de Paul Washer

“Às vezes eu pego um molho de chaves e eu chacoalho elas perante a congregação e digo: “O som dessas chaves lhes trazem alguma alegria?”. Todos dizem: “Não!”. É claro que não, porque vocês não estão trancafiados em uma masmorra! Se você estivesse preso em uma masmorra, o som de chaves lhe traria muita alegria. Seu coração iria pular de esperança. Pregadores não pregam sobre o pecado, e eles são tão “morais” quanto um médico que não fala a seu paciente que ele está morrendo. Eu quero que você humilhe totalmente o homem. Eu quero que o homem veja o que ele é. Então quando nós falarmos sobre o Amor de Deus enviando Seu Único Filho, os homens gritarão: “Maravilhosa Graça, quão doce o som!”

Paul Washer

Anúncios
Citação

Pare de Coçar as Feridas

22 Mar

 

Preciso Parar de Querer 

De Um Filho, de Um Cego

Bem,
Já tentei fugir
Já tentei mentir pra mim mesmo que não
Eu vou conseguir
Falo alto pra me ouvir
Mas volto sempre e dou uma coçadinha aqui e ali

Ferida, sempre aberta
E eu a reclamar de Ti
Sou eu quem não paro de

Coçar as feridas
Me algemar de novo
Logo eu que sou livre
Me pego lembrando
Querendo esquecer
Tentando aprender
Que pra você me curar preciso parar de querer

_____________________________________________________________

Estava ouvindo esta canção e comecei a prestar atenção na verdade contida nessa letra.

Se alguma vez em sua vida você já se feriu, então deve saber que cada ferida, dependendo da profundidade, tem seu tempo cicatrização, e a pior coisa que se pode fazer é ficar cutucando-a, coçando ou arrancando a pele que que cria sobre ela. O pecado é uma ferida em nossa vida espiritual, ele nos machuca e somente Deus pode operar a cura, isso não é instantâneo, não adianta querer muito, não adianta ficar olhando, torcendo para que ela saia dali, muito menos ficar cutucando, lembrando ou se culpando.

Quantas vezes, nos arrependemos, somos perdoados por Deus, mas logo depois  nos pegamos remoendo a culpa de pecados que já nem são mais nossos. O fato é que Deus realmente nos perdoa, e quando nos perdoa, Ele o faz por inteiro, de coração e realmente se esquece do que cometemos no passado, mas nunca se esquece da sua misericórdia pois esta não tem fim, ela se renova manhã após manhã.

Quantos cristãos acorrentados pelos pés e pelo pescoço, carregando a culpa que já está sobre Jesus?! Eles simplesmente não se deixam perdoar, sentem-se imerecedores da graça de Deus. Meu querido, não seja escravo da culpa. Enquanto você não parar de coçar as feridas, elas nunca vão sarar, deixe Deus cicatrizar as feridas que há em você, Deus já se esqueceu, esqueça você também!

Isaías 43:2 o próprio Deus diz: “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro“

Miquéias 7:18,19 diz: “Quem, oh Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniquidade e te esqueces da transgressão do restante da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia. Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquiadades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.”